PUBLICIDADE

Edição Semanal

Adriane Galisteu: “Estamos todos em um grande reality”

Encarar um novo desafio e se reinventar é com ela mesma. Adriane Galisteu pode encher o peito e ar, abrir aquele sorrisão lindo e dizer: tenho muita história para contar. E dá-lhe superação nesses caminhos da vida! Lembro até hoje seu olhar desolado, depois da morte de Ayrton Senna, há 27 anos. Era uma menina, na casa dos 20 aninhos, modelo linda e com uma estrada pela frente. Viu seu amor ir embora e, nos momentos mais difíceis, se agarrava a uma máxima: “Costumo dizer que no fundo do poço tem uma mola”. A frase é usada por muitos até hoje e conhecida como o ‘ditado da Galisteu’. E ela lhe cabe muito bem. Começou a carreira cantando em girl band, modelou nas passarelas, escreveu livro, tornou-se atriz, pintou o cabelo de preto para atuar em novela, brilhou nos palcos, apresentou programas de TV – até de pijama, peitando Silvio Santos- e formou uma família apaixonante. Com essa ousadia e alegria, já disse a que veio no comando do “Power Couple Brasil 5”, na volta à Record Tv, com aquele brilho absurdo no olhar. Vai com tudo, camaleoa!


PUBLICIDADE