PUBLICIDADE

arte & cultura

Mãe de Paulo Gustavo agradece carinho dos fãs e pede: “usem máscara”

Em mensagem em sua rede social, a mãe do ator e humorista Paulo Gustavo, Dea Lucia Amaral, se pronunciou pela primeira vez após a morte do filho e agradeceu aos fãs pelas mensagens de carinho. “Eternamente agradecida a todos pelas orações e carinho com minha família. Que Jesus abençoe a cada um de vocês. Usem máscara”, disse Dea.

Paulo Gustavo, no último dia 4 de maio, aos 42 anos, vítima de complicações da Covi-19. Nesta sexta-feira (7), o Brasil registrou 2.217 mortes por Covid-19 em 24 horas, totalizando 419.393 óbitos desde o início da pandemia.

A inspiração para Dona Hermínia

Foi inspirado em Dona Déa Lúcia  que Paulo Gustavo criour a personagem Dona Hermínia, a supermãe debochada que protagonizou a franquia “Minha Mãe é Uma Peça”, trilogia que arrebatou mais de 26 milhões de telespectadores, entre 2013 e 2020.

A hilária  Dona Hermínia nasceu na peça “O Surto”, em 2004. A personagem foi ovacionada e voltou na peça seguinte, “Infraturas”, que Paulo estrelou ao lado do colega de turma da CAL (Casa de Artes de Laranjeiras), Fábio Porchat.

Depois de perceber que Dona Hermínia estava se tornando popular, com o sucesso durante as apresentações, Paulo resolveu criar um espetáculo dedicado a ela, em 2006. “Representei para ela antes de apresentar e minha mãe falou ‘ih Paulo, não sei se vai dar certo não’”, contou o ator em entrevista a Ana Maria Braga, em 2019. Que nada. A personagem explodiu nos palcos, reuniu multidões pelo Brasil e foi parar na telona. Sucesso total.

Fotos: Reprodução