PUBLICIDADE

Edição Semanal

Mateus Solano

Mateus Solano é um ator super versátil. Cada personagem que ele interpreta mostra a sua capacidade de mudar de performance. No momento ele está no elenco do remake de “Elas por elas” na pele de Jonas. Em breve, poderá ser visto nos filmes “Durocher”, sobre a primeira parteira mulher do Brasil, e em “A turma da Mônica Jovem”, onde interpreta o Louco.
Com 42 anos e mais de 20 de carreira, o artista se consagrou ao viver Félix de “Amor à vida”, em 2013, em que protagonizou a primeira cena de beijo homoafetivo da TV brasileira. Seu último trabalho nas novelas foi como um dos protagonistas de “Quanto mais vida melhor”. Em 2023, foi um dos jurados da terceira temporada do “The Masked Singer”. Em seu currículo na TV constam a série “Maysa” e as novelas “Viver a Vida”, “Morde e assopra”, “Liberdade, liberdade”, o remake de “Gabriela” e “Pega pega”.
O ator também integrou o elenco das seis temporadas da “Nova Escolinha do Professor Raimundo”, interpretando o emblemático Zé Bonitinho. No cinema, atuou nos longas “Linha de passe”, “Novela das Oito”, “Confia Em Mim”, “O Menino do Espelho”, “Em nome da lei” e “Talvez uma história de amor”, que foi rodado em Nova York sob a direção de Rodrigo Bernardo.
No teatro, em 2019, estreou a nova montagem de “Irma Vap”, ao lado de Luis Miranda, com direção de Jorge Farjalla. O espetáculo foi retomado em 2021, após a pandemia, e rodou o Brasil até o fim de 2022 sempre com teatros lotados. Paralela à carreira artística, Mateus Solano ainda vem se destacando como ativista ambiental, sendo defensor Mares Limpos da ONU e embaixador da Campanha Geração do Amanhã da Globo. Hoje, ele estão engajado em campanhas em defesa da Amazônia. A revista Mais Rio de Janeiro, conversou com Mateus. Confira a entrevista!