PUBLICIDADE

Rio de Janeiro / Cotidiano

Fabríccio Andrade: um jovem empreendedor de sucesso 

Fabríccio Andrade

Colocar os planos de carreira em prática, trabalhar a seu modo, dentro de suas regras. Essas podem ser as principais razões para que uma pessoa almeja ter em mãos o próprio negócio. Muitas das vezes, há o sentimento de insatisfação quanto às condições trabalhistas, ou ainda, a falta de oportunidades em um mercado de trabalho altamente competitivo. Tal fato gera frustração por não encontrar onde exercitar o talento, o conhecimento adquirido durante a formação acadêmica.

 Dados de uma pesquisa, realizada em 2019 pelo Monitor Global do Empreendedorismo (GEM), constam que 8 dos 23,9 milhões de jovens brasileiros, com idade entre 18 e 24 anos, já governam suas empresas. Mas, no ano passado, essa porcentagem declinou e agora, somente 6,8 % seguem a carreira, de acordo com a PNADC (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua). Portanto, 1,9 milhões de cidadãos.

 O influencer Fabríccio Andrade está incluído nas informações. Aos 20, o rapaz percebeu a falta de horários para lecionar aulas para outras turmas, o que, por sinal, incomodava bastante. Graças à persistência e à ajudinha das redes sociais, finalmente, o sonho virou realidade. Recorda a inquietação e por isso, postou um desabafo nos stories do Instagram, o @fabriccio.andrade. Segundo ele, o pontapé inicial para a vida de empreendedor. “Uma das minhas alunas assistiu. O post me deu a chance de abrir o meu estúdio, o Era Dança Que Me Faltava”.

 Focado em tudo o que acontece no mundo digital, o Tik Tok é a sua principal ferramenta de trabalho. Em seu perfil, com 924. 7k seguidores, apresenta coreografias em diversos estilos musicais, além de interagir com eles, que sempre o aplaudem e curtem todo o conteúdo disponibilizado. “Através do Tik Tok, estamos conseguindo mostrar outros caminhos, movimentos dentro da dança”, finaliza.