PUBLICIDADE

arte & cultura

Jazz no Museu da Cidade e programação variada agitam centros culturais do Rio

Em comemoração aos 87 anos de criação do Museu Histórico da Cidade do Rio de Janeiro, a programação deste fim de semana terá show de jazz no jardim com a banda Café Pingado (sáb, às 10h30) e o lançamento do audioguia lúdico “Rio das crianças em tempo de festa”, da Magalona Produções, com recursos da Lei Aldir Blanc (dom, às 10h30). Ambos gratuitos e com entrada livre.

A recomendação continua sendo ficar em casa. Mas, para aqueles que podem aproveitar o fim de semana com segurança e atrações ao ar livre, seguindo todas as medidas de segurança estabelecidas no combate à Covid-19, a Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, aposta em atividades variadas nos espaços reabertos. Confira agenda:

Museu Histórico da Cidade, Gávea

Jazz com a banda Café Pingado
Sáb (10/7), às 10h30. Grátis. Livre.

Lançamento do audioguia lúdico “Rio das crianças em tempo de festa”
Dom (11/07), às 10h30. Grátis. Livre.

Museu Histórico da Cidade: Est. Santa Marinha s/nº, Gávea – 22451-240.
Qui a dom, das 9h às 16h, visitação de acordo com o protocolo estabelecido pela Prefeitura do Rio. Haverá monitores para tirar dúvidas e controle do número de visitantes por vez. Palacete: grupos de até 15 pessoas. Casarão: grupos de até 20 pessoas. Grátis.

Centro da Música Carioca Artur da Távola, Tijuca

Música no jardim

Show do compositor e produtor carioca Pedro Gama. Formado em Ciências Sociais, o artista traz em suas canções temas relacionados à vida cotidiana, seus diversos entrelaços e contradições. Em 2016, lançou seu primeiro trabalho solo, o EP “Condôminos”, em que canta a boemia de um centro urbano. Seu último lançamento foi a música “Pipa Avuada”, em 2020, gravada no estúdio Posto 9 e no Centro da Música Carioca Artur da Távola. Sex (9/7), às 18h. R$ 1. Livre.

Sarau da Orquestra de Violões da Av-Rio convida Contrapunctus Duo, formado por Otávio Grangeiro no violão e Rigoberto Moraes no violoncelo. A apresentação faz parte da série “Saraus da Associação de Violão do Rio de Janeiro no Centro da Música Carioca Artur da Távola”, realizada mensalmente, e tem como estrela principal o violão em suas diversas formas: clássico, flamenco, contemporâneo, choro e jazz. Sáb (10/7), às 16h.
Evento transmitido pelas redes sociais (Facebook e YouTube)
A cantora e compositora do Piauí, Patricia Mellodi, ao lado do violonista Edson Barbosa, canta as principais obras de Vinicius de Moraes, passeando pelas composições mais conhecidas e seus principais parceiros e fases. Durante a apresentação, Patrícia também conta histórias pitorescas e declama poesias. Sáb (10/7), às 17h. R$ 1. Livre.

Domingo das Crianças
O espetáculo musical infantil “Batuquinho”, com Lídia Quadros e contemplado pela Lei Aldir Blanc, passeia pelo cancioneiro popular, com contações de histórias e ritmos brasileiros. Dom (11/07), às 16h. R$ 1. Livre.

Exposição “Música Brasilis”
Qui a dom, das 10h às 17h. Grátis. Livre.

Uma viagem pelos 500 anos da música no Brasil. Essa é a proposta da exposição interativa, realizada pelo Instituto Musica Brasilis, sob a curadoria de Rosana Lanzelotte. Retrata por meio de instrumentos musicais, vídeos e instalações interativas os cinco séculos da música brasileira.

Dividido em três módulos, o projeto resgata as músicas indígena, africana e europeia, além de oferecer jogos interativos nos quais os visitantes podem aprender como funcionam as partituras e a compor as suas próprias canções.

Exposição de arte colagem “Mulheres e Música”
Qui a dom, das 10h às 17h. Grátis. Livre.

A exposição “Mulheres e Música”, da artista plástica Lili Rose, é inspirada na memória de algumas mulheres corajosas que se reinventaram, desafiaram, transgrediram, sobreviveram e tiveram momentos marcantes na história da música brasileira. Nomes como Chiquinha Gonzaga, Carmem Miranda, Nara Leão, Clementina de Jesus, Rita Lee, Zaíra de Oliveira e Clara Nunes.

Rua Conde de Bonfim, 824 – Tijuca
Qui a dom, das 10h às 17h. Ingressos: bit.ly/centromusicacarioca

Espaço Cultural Municipal Sérgio Porto, Humaitá

Exposição “Sarahmaga”, de Glória Lins
Aos sábados, das 10h às 16h. Até 24/7. Grátis. 12 anos.

Com curadoria e produção de Marta Lins, filha de Glória, também conhecida como Sarahmaga, a individual reúne 30 desenhos digitais produzidos entre 2009 a 2019. Essa é a primeira vez que os trabalhos da artista serão exibidos após seu falecimento, aos 85 anos.

Rua Humaitá 163, Humaitá (entrada pela Rua Visconde e Silva) – 2535-3846. Todos sábados (26 de junho a 24 de julho), das 10h às 16h. Grátis. 12 anos.

Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas, Santa Teresa

Exposição “Todo mundo no Rio”
Qui a dom, das 9h às 16h. Longa duração. Grátis. Livre.

A exposição reúne obras do artista plástico Gil de Lima, que cria uma espécie de relação íntima com a paisagem, as pessoas e a cidade, por meio de cores e incontáveis casas em suas telas.

Galeria Principal. Qui a dom, das 9h às 16h. Livre

Exposição “IFRJ e Parque das Ruínas: Amantes do Rio”
Qui a dom, das 9h às 16h. Longa duração. Grátis. Livre.

A exposição proporciona aos visitantes uma experiência de contemplação e conhecimento por meio das belíssimas paisagens do mirante do Parque das Ruínas e que são apresentadas de modo fotográfico e descritivo em placas que homenageiam a cidade.

Exposição “Cores do Rio por Élida Hernandez”
Qui a dom, das 9h às 16h. Longa duração. Grátis. Livre.

A exposição está organizada em torno de grandes conjuntos de obras da artista portenha Élida Hernández, radicada em Santa Teresa. São 20 pinturas sobre madeira de demolição e acrílico.

Rua Murtinho Nobre 169, Santa Teresa – 2224-3922.

Área de lazer infantil: qui a dom, das 9h às 16h.
Ensaios Fotográficos: qui e sex, das 9h às 16h.
Exposições (Galeria Principal): qui a dom, das 9h às 16h.
Ingressos: bit.ly/parquedasruínas

Centro Cultural Profª Dyla Sylvia de Sá, Jacarepaguá

Oficina de Ritmos – prof Hygor Valente
Qui, de 9h às 11h

Oficina de Dança Cigana – profª Telma Lopes
Qui, das 13h30 às 15h30

Oficina de Dança do Ventre – profª Elvira Vicente
Qui, das 16h às 17h30

Trupe Solidária – professor e maestro Sebastião
Preparação vocal – Sex, das 13h30 às 14h30
Seresta – Sex, das 14h30 às 16h30

Atividade voltada para a terceira idade. O projeto busca chegar aos músicos que trabalham pela MPB a partir da integração sócio-cultural, resgatando e revivendo as músicas dos anos dourados.

Capoeira – prof Bambu
Sex, das 17h às 18h

Oficina de Circo – Palhaço Xulipa
Sáb, das 9h às 11h

Rua Barão 1.180, Praça Seca, Jacarepaguá – 3833-4769.
Qui a sáb, das 9h às 16h.

Área de Lazer Infantil e Adulto: qui e sáb, das 9h às 16h.

 

Foto: Prefeitura do Rio