PUBLICIDADE

Rio de Janeiro / Cotidiano

Biblioteca itinerante do Sesc-RJ volta às ruas do Rio

Em parceria com a Subprefeitura de Jacarepaguá, a unidade móvel do Sesc-RJ vai estacionar em oito bairros, de segunda a quinta, das 10h30 às 17 horas, neste fim de novembro, em dezembro e durante todo o ano de 2022. Leitores podem ter acesso a um acervo de mais de 4 mil livros e revistas para fazer consulta local ou pegar emprestado por 14 dias. Basta comparecer à unidade móvel, com carteira de identidade, CPF e comprovante de residência para ter acesso.

“É muito gratificante poder oferecer cultura à população, em parceria então, nem se fala. Esse projeto do Sesc é um sucesso e a Prefeitura não poderia deixar de ajudar a colocá-lo em prática, beneficiando todos os cariocas “,afirmou a subprefeita Talita Galhardo.

Nesta quinta-feira, o BiblioSesc esteve na Praça Seca, ao lado do coreto e da Guarda Municipal. Essa visita será realizada quinzenalmente, sempre às quintas-feiras. Neste primeiro dia, turmas de alunos das Escolas Municipais Honduras, Sobral Pinto e Dom Armando Lombardi estiveram presentes para conhecer o projeto. A professora Luciana Toledo, da turma 1402, da Dom Armando, elogiou a iniciativa, uma vez que muitas escolas não têm biblioteca e os pais dos alunos, nesta época de pandemia, não têm condições de comprar livros para estimular a leitura.

Uma das primeiras visitantes, a advogada Carolina Aragão ficou surpresa com a presença do ônibus do Sesc com os livros.  “Projeto excelente! A leitura é muito importante e eu gosto mesmo é de papel. A leitura digital não tem o mesmo gosto e me distrai”, disse, enquanto escolhia um livro.

O BiblioSec vai estacionar durante um ano em oito locais de Jacarepaguá,  com visitas de 15 em 15 dias, nos seguintes locais: na Praça Barão da Taquara (Praca Seca, ao lado do coreto); na Praça Ludovia (Gardênia Azul); na Estrada Curipós (Jardim Anil), Rua Nova (Rio das Pedras), Praça Albert Sabin (Taquara), Praça Adão Pereira Nunes (Preguiça, na Curicica), Praça Roberto V Pequeno (Cidade de Deus), e em frente à Escola Municipal Juliano Moreira (Colônia).

“Que bom que vocês voltaram. Tão gratificante, sou leitora assídua e voltar a ter acesso ao cheiro do livro é muito bom, até para essas crianças que atualmente só conhecem a internet”, festejou a bibliotecária Cristina Pimentel.

Fernando Alves, secretário de projetos sociais do Sesc, destacou a parceria com a Prefeitura e essa onda de proteção social em Jacarepaguá. “Entendo a importância da educação como uma parceria estratégica para o desenvolvimento do cidadão”, declarou.

Foto: Divulgação