PUBLICIDADE

música

Os sons da MPB e do Rock Nacional se calam novamente: o adeus a Erasmo Carlos

Erasmo Carlos

O cantor, 81 anos, batalhava contra uma síndrome edemigênica

Os sons da MPB (Música Popular Brasileira) e do Rock Nacional se calaram mais uma vez. Erasmo Carlos faleceu hoje, 22 de novembro, no Hospital Barra D’Or, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Devido à piora em seu estado de saúde, retomou aos tratamentos clínicos, ontem (21), e precisou ser intubado.

Desde o final de outubro, o artista batalhava contra uma síndrome edemigênica, doença causada pelo desequilíbrio das forças bioquímicas que mantém os líquidos dentro dos vasos sanguíneos.

Na carreira musical, foi o maior parceiro musical do rei Roberto Carlos. Era quase “impossível” não haver participações dele nos shows de Roberto, por sinal, seu grande amigo. Já na jovem guarda, o famoso “Tremendão”. Ele tinha 81 anos de idade.