PUBLICIDADE

economia

“Rodada de Negócios” reuniu mais de 20 empresas com fechamento de negócios

O Sindicato das Indústrias da Alimentação e Rações Balanceadas do Estado do Ceará (Sindialimentos), em parceria com a FIEC e o SEBRAE, realizou na última semana mais uma Rodada de Negócios. O evento aconteceu na Casa da Indústria, com mais de 20 empresas associadas e cinco compradores cearenses. Os presentes tiveram a oportunidade de desenvolver networking, além de conhecerem os produtos das empresas associadas e vislumbrarem fechamentos de futuros negócios.

As empresas participantes foram: Alimempro, Bucatinni, Cleobem Alimentos, Dikoko, Flor do Lar, Fosfatec, Itaueira Sucos, Lila Geleias, Mais Leve, Pra Aves, Rações Marfat, Relpi Alimentos, Sítio Barreiras, Sequilhos Paulista, Spirro, Super Barn, Suprema CAJU, Tempero da Casa, Tropicassia e Via Coco.

Segundo o diretor do Sindialimentos, André Siqueira, a Rodada de Negócios apoia as iniciativas dos empresários, além de promover a interlocução das indústrias com seus respectivos clientes, oferecendo acesso para a evolução por meio das instituições que compõe o Sistema Indústria: SESI, SENAI e IEL.

“Fiquei muito animado com o que eu vi, pois havia várias empresas compradoras e empresas participantes, inclusive negócios que foram fechados na hora. É sempre uma ótima oportunidade para compreender como o setor tem se portado perante à nova realidade econômica. Essa é a forma que o Sindialimentos oferece para o setor se fortalecer”, esclarece Siqueira.

A Rodada de Negócios possibilita encontros entre empresas com objetivos comuns: fazer networking, novas conexões, novos canais de vendas, facilitar negociações, parcerias, acordos comerciais e gerar negócios.

Segmento fortalecido

Isaac Bley, presidente do Sindialimentos, pontua que o encontro se mostra importante para o crescimento do setor. “A interação entre o setor industrial e o setor de atacado e varejo agrega e gera valor de diversas formas, principalmente na consolidação de parcerias e abertura de novos mercados. Agora pegaremos esse modelo que agradou quem estava presente e vamos avançar em nível Norte/Nordeste.”

Oportunidade de crescimento

Siqueira ainda salienta que o Sindialimentos desenvolveu a Rodada de Negócios como meio de apoiar as iniciativas das empresas, além de realizar ações que venham beneficiar o segmento, qualificar os colaboradores das indústrias e os empresários, promovendo a inovação, o acesso a novos mercados e a exportação.

“Há uma série de acessos diferenciados para os que participaram da Rodada de Negócios: a aproximação com o Sistema Indústria, com o Centro Internacional de Negócios e com o próprio Observatório da Indústria, que é dotado de ferramentas inteligentes e de dados. São inúmeras as contribuições dessas instituições para que sejam supridas as necessidades das indústrias do segmento de alimentos e rações.”

O que acham os empresários?

Para Xavier Vilhena, diretor de operações da Agroindústria Via Coco, sua experiência na Rodada de Negócios foi de grande valia. “Conheci várias pessoas interessantes, todas focadas em seus negócios, que fazem rodar a engrenagem das indústrias do Ceará. É de grande importância apresentar a Agroindústria Via Coco aos principais compradores do estado”, afirma.

Já segundo Ítalo Pinheiro, da Super Barn, especialista em alimentação vegetariana, a Rodada de Negócios foi uma excelente iniciativa para que pudessem expandir as vendas. “Estar nos reunindo com as pessoas certas, com grandes players do mercado cearense, em momentos individuais em um dia só, foi uma grande otimização de tempo e recurso”, destaca.

Paulo Roberto, do Sítio Barreiras, diz que o evento foi muito gratificante e claro essencial para que mostrassem o serviço da empresa e também o novo mix de produtos que trabalham atualmente. “Verifiquei, que pensavam que somos um fornecedor de Hortifrutigranjeiro que trabalha somente com banana, ou seja, nos associam com selo que colocamos na banana e nos vários caminhões que passam nas ruas. Assim, quebramos esse paradigma, onde somos também um distribuidor que tem outras frutas como maçã, laranja, abacaxi, mamão e tangerina”. Para Paulo, o efeito maior foi fidelizar a marca , conhecer diretores e gerentes que não conheciam. ” O objetivo da Rodada era fechar negócios. Que foi realizado com sucesso em vendas para um cliente que eu não era cadastrado e melhorar o resultado da minha empresa”, conclui.

SERVIÇO

Sindicato das Indústrias da Alimentação e Rações Balanceadas no Estado do Ceará
Av. Barão de Studart, 1980 – 1andar – Aldeota, Fortaleza – CE, 60120-024, Brasil
Contato: 85 98967-9786 | sindialimentos@sindicato.sfiec.org.br
https://www.instagram.com/sindialimentos/

Fotos: Divulgação