PUBLICIDADE

Rio de Janeiro / Saúde

Covid-19 apresenta dados mais baixos dos últimos 60 dias no RJ

Movimento de vendas de brinquedos para o Dia das Crianças, comércio varejista nas ruas do Polo Saara, centro do Rio de Janeiro.

Os indicadores precoces semanais do Panorama Covid-19, divulgado nesta sexta-feira (19), apresentam tendência de estabilidade no Rio de Janeiro, com os dados mais baixos dos últimos dois meses.

A análise dos dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES) indica que os atendimentos de casos de síndrome gripal nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da rede estadual reduziram 2% em relação à semana anterior, configurando a menor média diária dos últimos 60 dias. Na semana de 1 a 7 de agosto, a média diária de atendimentos nas UPAs foi de 163, sendo 52 pediátricos. Já na semana de 8 a 14 de agosto, a média diária foi de 159 atendimentos, sendo 51 pediátricos.

O secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe, confirmou “o melhor cenário dos últimos dois meses, o que se deve muito à vacinação e, por isso, precisamos que a população continue fazendo sua parte, buscando os postos de saúde para completar o esquema vacinal.”

As taxas de positividade de antígeno e RT-PCR mantêm tendência de redução. Entre os dias 8 e 14 de agosto, foram realizados em média 2,9 mil testes de antígeno por dia, sendo a positividade de 5%. Em relação ao RT-PCR, estão sendo analisados em média 280 exames por dia, com positividade de 3%. Na semana anterior, a positividade dos testes de antígeno estava em 7% e a dos exames de RT-PCR, em 5%.

Para consultar o número de internações, óbitos e taxa de cobertura vacinal, basta acessar  o Painel de Monitoramento da Covid-19.

Foto: Agência Brasil