PUBLICIDADE

música

Marrom, o Musical estreia este fim de semana na Cidade das Artes

Como falar de Alcione sem falar do Maranhão? Impossível! Por isso, o que se verá no palco, é uma história triste que acaba em festa, a história do Boi revisitada, entremeada com a história dessa maranhense ilustre, que lá atrás foi apenas uma menina no meio de nove irmãos, filha de Filipa e João Carlos.

Alcione pode ser muitas: menina, mulher, uma loba, filha amorosa, musicista apaixonada, perseguidora de sonhos. De onde ela veio, qualquer criança sabe, desde sempre, a história do Boi. Aliás, ela e o Boi são ambos filhos do Maranhão – terra tão amada e muito cantada pela Marrom. E de lá vieram 4 quatro artistas para integrar ao elenco e boa parte dos mais de 300 figurinos também foram bordadas em São Luís, na Cooperativa Cuxá, numa parceria sócio-cultural promovida pelo Instituto Humanitas360.

Marrom, o Musical traz 23 atores e atrizes em cena, texto e direção de Miguel Falabella e como uma grande produção acaba movimentando não só a cena mas também a economia da cidade. São mais de 250 empregos diretos e indiretos gerados neste período desde a concepção até o fim da temporada que se inicia no dia 26 de novembro até 05 de fevereiro, na Cidade das Artes Bibi Ferreira, na Barra da Tijuca.

Segundo Miguel Falabella “Quando Jô Santana me convidou para, a principio, dirigir o espetáculo que encerraria sua trilogia do samba, sobre Alcione, uma das maiores intérpretes da música brasileira, não só aceitei encantado, como percebi que, para encenar um espetáculo que me satisfizesse plenamente como realizador, eu precisaria também assumir a dramaturgia. As minhas expectativas são altas e tenho razões para que sejam: Alcione é minha amiga, uma mulher de atitudes e coragem memoráveis e contar sua vida é mergulhar nas raízes de uma das mais ricas culturas populares do Brasil, a maranhense.

O espetáculo pretende reafirmar o teatro como um ato de comunhão. Que vai fazer rir, chorar, cantar junto, se espantar, se emocionar, ser criança de novo, encontrar o desconhecido. “Vive bem quem sempre espera um gracejo”. Quem vier de olhos e braços abertos, vai certamente sair da plateia, depois das quase duas horas – pouco para contar e cantar tanto – como Alcione é com relação à vida e à arte: agradecida!

O ator e produtor Jô Santana, diretor da Fatto Produções, é o idealizador da “TRILOGIA DO SAMBA”, começando em 2016 com o musical “Cartola-O Mundo é um Moinho”, em 2018 com “Dona Ivone Lara-Um Sorriso Negro”, e encerrando em 2022 com “Marrom, o Musical.”

Fotos: Caio Gallucci

SERVIÇO: “Marrom, o Musical” – Um espetáculo de Miguel Falabella
Idealização: Jô Santana

Elenco em ordem alfabetica: Ágata Matos; Anastácia Lia; Carol Roberto; Daniela Santana; Eddy; Edgard Bustamante; Fernando Leite; Hipólyto; Jefferson Gomes; Joyce Cosmo; Leandro Villa; Leilane Teles; Letícia Nascimento; Leticia Soares; Lilian Valeska; Lucas Wickhaus; Luci Salutes; Mariana Gomes; Millena Mendonça; Rafael Leal; Rafael Machado e Renato Caetano

Temporada: 26 de novembro de 2022 a 05 de fevereiro de 2023.
Sessões: De sexta a domingo (sexta, sábado às – 20:00, domingo – 18:00)
Local: Teatro Cidade das Artes Bibi Ferreira
Endereço: Av. das Américas, 5300 – Barra da Tijuca, Rio de Janeiro – RJ, 22793-080
Valores: Plateia: R$ 120,00 (inteira) e R$ 60,00 (meia)
Frisa Lateral: R$ 100,00 (inteira) e R$ 50,00 (meia)
Camarote 3º Andar: R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia)
Camarote 4º Andar e Galerias – R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia)
Ingressos à venda: Plataforma Sympla
Telefone: (21) 3325-0102
Classificação: Livre