PUBLICIDADE

Rio de Janeiro / Saúde

Saiba como suavizar o “bigode chinês”

Foto: divulgação

Por: Dra. Mariana Kessel, médica dermatologista 

  O sulco nasogeniano, conhecido mais popularmente como “bigode chinês” é um dos sinais do envelhecimento que mais incomodam. O processo de envelhecimento natural da pele reflete na reabsorção do nosso osso, perda de gordura, atrofia do músculo e o desgaste do colágeno. Então todas as estruturas que vão diminuindo de densidade e firmeza, acabam culminando uma ação de vários sulcos no rosto e entre eles, o “bigode chinês”.

  Essa ruga também pode ser acelerada devido ao hábito de fumar, exposição prolongada ao sol, uma alimentação desbalanceada com açúcares, noites mal dormidas, poluição, entre outros fatores.  O “bigode chinês” pode ser amenizado com a indicação de dermocosméticos e procedimentos no consultório, como o preenchimento facial. Por outro lado, é importante ressaltar que o processo de envelhecimento é algo contínuo e que esses profissionais podem torná-lo mais lento, porém, não podem interrompê-lo. 

  Atualmente já temos à disposição diversas tecnologias – desde o uso de produtos para o tratamento tópico, utilização de medicamentos via oral e até a realização de procedimentos, como preenchedores com ácido hialurônico, radiofrequência, infravermelho, laser, entre outros.  Todas essas medidas, trabalhadas em conjunto, ajudam a suavizar o “bigode chinês”.