PUBLICIDADE

Rio de Janeiro / Saúde

Zeca Pagodinho toma a dose de reforço contra a Covid-19

O cantor e compositor Zeca Pagodinho esteve nesta quinta-feira (18/11) no posto de vacinação montado na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca, para tomar a dose de reforço contra a Covid-19. O consagrado artista fez um apelo para que as pessoas não deixem de receber a terceira dose da vacina.

“Agora fiquei mais seguro, né? Nunca pensei que teria que tomar tanta injeção. As pessoas têm que se vacinar para acabar logo essa pandemia”, disse o cantor.

Nesta quinta, a vacinação contra Covid-19 é destinada à dose de reforço para homens com 60 anos ou mais e à primeira dose para pessoas com 12 anos ou mais que ainda não foram vacinadas. Profissionais e trabalhadores da saúde que tomaram a segunda dose na cidade do Rio até 31 de maio e pacientes com alto grau de imunossupressão com 12 anos ou mais também podem tomar a dose de reforço.

As unidades seguem aplicando a segunda dose, conforme a data estipulada no comprovante da primeira.

O intervalo mínimo entre a primeira e segunda dose da Pfizer para quem tem 12 anos ou mais é de 21 dias.

O intervalo mínimo para a dose de reforço é de três meses a partir da segunda dose ou dose única (idosos); 28 dias a partir da segunda dose ou dose única (pessoas com alto grau de imunossupressão) ou de acordo com o calendário (trabalhadores e profissionais da saúde).

Quem vai receber a vacina deve apresentar identificação original com foto, número do CPF e, se possível, a caderneta de vacinação. Para a segunda dose, é importante levar também o comprovante da primeira aplicação.

Encontre a unidade mais próxima: prefeitura.rio/ondeseratendido

Para mais informações, acesse: coronavirus.rio/vacina

Foto: Marcos de Paula/Prefeitura do Rio