PUBLICIDADE

cotidiano

Sara Gutty: “Só o Amor Mudará o Mundo”

Futura advogada e autista, Sara Gutty está no quinto período do Curso de Direito e diz que enfrenta problemas com a inclusão social por ser diferente e que está decidida a lutar por um país com mais projetos que minimizem o impacto social  que o não acolhimento gera na economia.

Criadora do projeto social Só o Amor Mudará o Mundo, no qual realiza um trabalho de formiguinha na propagação de uma nova ideologia, Sara Gutty, pretende  dar um pontapé inicial para que os governantes se atente para as questões não solucionadas ainda em nossa sociedade, como a fome, a marginalização gerada pela falta de trabalho, a situação real que os deficientes enfrentam sobre exclusão social, o preconceito existente nas questões pessoais de escolhas de cunho sexual de cada indivíduo, entre tantas outras falhas que ainda temos em nossa sociedade, na qual ela afirma que a única solução será através da conscientização sobre aspectos internos que precisamos despertar para um olhar com mais carinho e cuidado dentro de nós buscando a cura definitiva para nossas questões de ego que dificultam a união entre os povos e suas diferenças políticas, religiosas e ideológicas, a desmedida disputa por poder e riquezas que faz com que os seres humanos se distanciam da principal razão de estarmos vivos, seu projeto também faz uma crítica à economia e o foco no lucro em detrimento do bem estar e o resguardo real dos direitos individuais garantidos pelo artigo 5°de nossa constituição Brasileira, tão negligenciados.

Embora não seja um projeto que promete solucionar quaisquer problemas sociais em definitivo, Sara Gutty garante que vai levar essa mensagem para o maior número de pessoas  e deixar a cargo de cada um fazer o seu papel na construção de um mundo melhor.

Em entreista ela diz: ” O autismo faz de mim uma pessoa muito conectada às minhas questões internas, as quais procuro vencer a cada dia, a principal falha que vejo entre as pessoas de diferentes linhas de pensamentos, é que elas perdem tempo e energia disputando uma razão para uma existência tão breve e efêmera, perdendo em eficiência ao tentar resolver questões mais emergenciais como a fome, a marginalização dos moradores de rua, entre várias lacunas por resolver, que nossa sociedade enfrenta e não pode esperar. Eu decidi sair nas ruas e fazer a minha parte, entregando panfletos, vendendo álcool em gel no sinal, e camisetas, todos com a estampa da ideologia do projeto para que a mensagem seja entendida e passada adiante. Desde criança tenho um chamado Cristão que não me deixa recuar covardemente quando eu vejo ruas de ouro sendo pisadas por pés descalços e mãos vazias…Só o Amor mudará o mundo! Esse é o meu legado!”

Sara Gutty garante que lutará acima de tudo pela justiça e pela igualdade, e diz que o amor é que antecede todas essas outras virtudes sociais!

Gostou? Quer apoiar o projeto e não sabe como? Entre em contato no Instagram @sooamormudaraomundo e converse diretamente com ela, saiba das novidades dos projetos e causas que ela apoia!

Foto: Divulgação